Síndrome da fragilidade :: Residence Care
 

Blog Residence

Síndrome da fragilidade

A saúde na velhice é sempre almejada por todos que amadurecem, vários estudos são feitos para garantir que a idade chegue da melhor forma para todos. Dois grupos de pesquisa têm se destacado na busca de consenso sobre um conceito recente na velhice: a Síndrome da Fragilidade, um nos Estados Unidos e outro no Canadá.

Hoje já é realidade que a maioria dos idosos é independente e chega à velhice com disposição suficiente para realizar suas tarefas, mas um grupo apresenta características clínicas atribuídas ao envelhecimento ao qual foi dado o nome de Síndrome da Fragilidade. A Fragilidade é conceituada como uma síndrome clínica, que pode ser identificada por perda de peso involuntária, exaustão, fraqueza, diminuição da velocidade da marcha e do equilíbrio e diminuição da atividade física. A fragilidade está associada à idade, embora não seja resultante exclusivamente do processo de envelhecimento, já que a maioria dos idosos não se torna frágil obrigatoriamente. Em geral, os idosos percebidos como frágeis são aqueles que apresentam riscos mais elevados para desfechos clínicos adversos, tais como: dependência, institucionalização, quedas, piora do quadro de doenças crônicas, doenças agudas, hospitalização, lenta ou ausente re­cuperação de um quadro clínico e morte.

A partir de dados do Cardiovascular Health Study, estimou-se que em uma população com idade superior a 65 anos, 6,3% dos idosos tinham as características de fragilidade. Entre os frágeis, 68,5% eram mulheres. O aumento no risco de fragilidade associou-se com baixo nível socioeconômico, antece­dente de doença isquêmica cardíaca, DM, fratura de quadril, DPOC, osteoartrite, AVE e depressão.

Para tratamento devem ser feitas sessões de fisioterapia. Estudos revelaram melhora significativa da força do quadríceps e de tempo de caminhada, em treino com carga versus sem nenhum treino. “O treinamento de força deve ser realizado pelo menos duas vezes por semana, com um mínimo de 48 horas de repouso entre as sessões. Recomenda-se realizar de oito a dez exercícios com oito a 12 repetições para cada conjunto. A seleção dos grupos a serem trabalhados deve ser direcionada aos grandes grupos musculares, sendo que a duração das sessões não deve ultrapassar a 60 minutos”, afirma Luciano Chaves, coordenador da equipe Salutar Fisioterapia Geriátrica.

Os suplementos nutricionais são outro ponto no tratamento. O estado nutricional é comprometido nos idosos fragilizados. Um dos suplementos nutricionais mais utilizados neste quadro é a creatinina. Isso porque ela tem um possível efeito de elevar o depósito de fosfocreatina no músculo. Este efeito parece ocorrer especialmente quando a suplementação nutricional está associada a exercícios físicos.

Como é difícil o diagnóstico já que a síndrome é derivada de fatores biológicos, psicológicos, congnitivos e sociais não há um tratamento específico para a síndrome. O recomendado é a realização periódica de uma avaliação geriátrica por uma equipe multidisciplinar.



Blog Residence

Buscar no Blog

Categorias

Receba dicas e informações em seu e-mail

Mandamos coisas bem legais para você, como: Tendências, pesquisas, cases, e muito mais...

Osteoporose

Durante o processo de envelhecimento os homens e mulheres são mais susceptíveis a osteoporose que progride sorrateiramente, de forma lenta e raramente apresenta sintomas que indiquem o desenvolvimento da doença. As fraturas costumam ser espontâneas, ou seja, não são relacionadas...

A Pele e a Idade

O processo de envelhecimento humano provoca um grande número de mudanças fisiológicas, e um dos órgãos que mais sofre com o avanço dos anos é a pele. Os principais problemas que podem atingir a pele na terceira idade incluem a queda na capacidade de formação de colágeno.

O Evelhecimento

O envelhecimento é o grande causador de inúmeros distúrbios que ocorrem no nosso corpo. As limitações aumentam e com ela, a dependência. Não há nada melhor no mundo do que ser independente. A independência vai sendo removida de nossas vidas com o passar do tempo.

Gerontologia

A gerontologia (ciência que estuda o processo de envelhecimento do homem) aborda áreas além das doenças relacionadas à idade e à sua prevenção, a fim de reconhecer que o envelhecimento bem sucedido exige a manutenção de uma função fisiológica e de uma aptidão física aprimorada.



Av. Álvaro Guimarães, 215 | Planalto | São Bernardo do Campo/SP | 09890-000 11 3428-9640 | 11 94029-3375 - 4341-8799

Copyright © 2011 Residence Care - São Bernardo do Campo SP.
Todos os direitos reservados.