O Sal, vilão daTerceira idade :: Residence Care
 

Blog Residence

O Sal, vilão daTerceira idade

Um estudo mostra que os hipertensos são os que mais gostam de comida salgada. Gosta daquele gostinho temperado na comida? Troque o sal por orégano, ele pode substituir o sal em qualquer receita.

 

Excesso de sal na comida é uma problema para todos os brasileiros, afinal, quem não gosta de uma refeição bem temperada? Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto, pessoas hipertensas são as que menos gostam de comida saudável. Além da má notícia, o estudo trouxe também uma boa notícia. Foi constatado que o orégano pode reduzir e até substituir o sal nas refeições.
Cento e vinte pacientes foram selecionados para participar da pesquisa. Muitos deles, homens e mulheres que sofrem de pressão alta. O estudo foi realizado de forma simples, o grupo experimentou três amostras de pão francês: uma com pouco sal (1,2%), outra com uma concentração média (1,8%), a mesma usada nas padarias, e a última com muito sal (2,4%).

O resultado preocupou.
O resultado foi preocupante, pacientes que não possuem problemas de pressão preferiram o pão com médio teor de sal, já os que possuem problema de hipertensão preferiram o pão com maior concentração de sal, o que pode levar ao risco de derrame e infarto.

Como solucionar?
Pensando em resolver esse problema, os pesquisadores criaram outra receita. Ou invés do sal, as massas dos pães foram temperadas com orégano para tentar mudar a preferência dos pacientes. E não é que a ideia ficou mais saudável, saborosa e deu certo? Os pesquisadores repetiram o teste com a nova receita. Todos os pacientes, mesmo aqueles que não sofrem de pressão alta, optaram pelas amostras com menos sal.
Segundo a nutricionista Patrícia Villela, o orégano por ser um tempero natural, pode substituir o sal em qualquer receita. “Utilizar os temperos naturais para auxiliar nessa diminuição da preferência aos alimentos mais salgados", orienta.

Recomendado
Cada pessoa deve no máximo consumir cinco gramas de sal por dia, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Porém, os brasileiros vão contra esse número. No País, as pessoas ingerem cerca de 12 gramas de sal por dia, mais que o dobro do recomendado.

A Geração Sênior deve ficar atenta!
A hipertensão é um problema muito sério no Brasil, muitas pessoas sofrem com esse problema e a redução de sal é uma alternativa funcional para combater esse mal. Procure seu médico, não deixe sua saúde e bem-estar para depois.

 

Fonte - Portal Geração Sênior



Blog Residence

Buscar no Blog

Categorias

Receba dicas e informações em seu e-mail

Mandamos coisas bem legais para você, como: Tendências, pesquisas, cases, e muito mais...

Osteoporose

Durante o processo de envelhecimento os homens e mulheres são mais susceptíveis a osteoporose que progride sorrateiramente, de forma lenta e raramente apresenta sintomas que indiquem o desenvolvimento da doença. As fraturas costumam ser espontâneas, ou seja, não são relacionadas...

A Pele e a Idade

O processo de envelhecimento humano provoca um grande número de mudanças fisiológicas, e um dos órgãos que mais sofre com o avanço dos anos é a pele. Os principais problemas que podem atingir a pele na terceira idade incluem a queda na capacidade de formação de colágeno.

O Evelhecimento

O envelhecimento é o grande causador de inúmeros distúrbios que ocorrem no nosso corpo. As limitações aumentam e com ela, a dependência. Não há nada melhor no mundo do que ser independente. A independência vai sendo removida de nossas vidas com o passar do tempo.

Gerontologia

A gerontologia (ciência que estuda o processo de envelhecimento do homem) aborda áreas além das doenças relacionadas à idade e à sua prevenção, a fim de reconhecer que o envelhecimento bem sucedido exige a manutenção de uma função fisiológica e de uma aptidão física aprimorada.



Av. Álvaro Guimarães, 215 | Planalto | São Bernardo do Campo/SP | 09890-000 11 3428-9640 | 11 94029-3375 - 4341-8799

Copyright © 2011 Residence Care - São Bernardo do Campo SP.
Todos os direitos reservados.