Intolerância à lactose na terceira idade :: Residence Care
 

Blog Residence

Intolerância à lactose na terceira idade

A intolerância à lactose tem sido muito discutida ultimamente. Ela é constituída pela incapacidade do organismo de digerir o açúcar presente no leite, a lactose. Os sintomas causados são cólica, gases e diarreia, que surgem após a ingestão deste alimento. Para confirmar a presença de intolerância à lactose, o diagnóstico pode ser feito por meio de exame de fezes, exame de sangue, teste respiratório ou biópsia do intestino.

Normalmente o diagnóstico é feito na infância, mas alguns adultos também podem desenvolver a intolerância.  Na terceira idade este fato pode ser mais comum, pois com o avanço da idade há um declínio na produção da enzima lactase pelo organismo.

O tratamento da intolerância é a partir da exclusão do leite de vaca e de todos seus derivados, como bolo, biscoito, bolacha. A questão é que com a idade a quantidade de cálcio diminui, ou seja, seria necessário uma maior ingestão de cálcio, o que é um desafio para os intolerantes à lactose. Na terceira idade a ingestão recomendada aumenta em média para cerca de 1.200 mg por dia. Sendo assim é necessário procurar outras fontes de cálcio, como leite de arroz, que é enriquecida com o mineral. Outras excelentes fontes de cálcio, embora com biodisponibilidades variáveis são os vegetais verdes-escuros (brócolis, couve, alfavaca, coentro), soja, gergelim, amêndoas, castanha-do-pará e sardinha. Além disso, está cada vez mais simples fazer uma dieta zero lactose, já que as opções não faltam nas gôndolas do mercado. São leites, iogurtes, queijos e até requeijão zero lactose.

Vale destacar que o cálcio é importante em todas as fases da vida, ainda mais para chegar à terceira idade com boa saúde óssea. Importante lembrar que para isso outros cuidados fazem a diferença: praticar exercícios físicos regularmente, passar algum tempo ao sol para síntese de Vitamina D, que atua na absorção do cálcio, e evitar os excessos em café, álcool e cigarro.



Blog Residence

Buscar no Blog

Categorias

Receba dicas e informações em seu e-mail

Mandamos coisas bem legais para você, como: Tendências, pesquisas, cases, e muito mais...

Osteoporose

Durante o processo de envelhecimento os homens e mulheres são mais susceptíveis a osteoporose que progride sorrateiramente, de forma lenta e raramente apresenta sintomas que indiquem o desenvolvimento da doença. As fraturas costumam ser espontâneas, ou seja, não são relacionadas...

A Pele e a Idade

O processo de envelhecimento humano provoca um grande número de mudanças fisiológicas, e um dos órgãos que mais sofre com o avanço dos anos é a pele. Os principais problemas que podem atingir a pele na terceira idade incluem a queda na capacidade de formação de colágeno.

O Evelhecimento

O envelhecimento é o grande causador de inúmeros distúrbios que ocorrem no nosso corpo. As limitações aumentam e com ela, a dependência. Não há nada melhor no mundo do que ser independente. A independência vai sendo removida de nossas vidas com o passar do tempo.

Gerontologia

A gerontologia (ciência que estuda o processo de envelhecimento do homem) aborda áreas além das doenças relacionadas à idade e à sua prevenção, a fim de reconhecer que o envelhecimento bem sucedido exige a manutenção de uma função fisiológica e de uma aptidão física aprimorada.



Av. Álvaro Guimarães, 215 | Planalto | São Bernardo do Campo/SP | 09890-000 11 3428-9640 | 11 94029-3375 - 4341-8799

Copyright © 2011 Residence Care - São Bernardo do Campo SP.
Todos os direitos reservados.