A combinação de remédios pode ser perigosa aos idosos :: Residence Care
 

Blog Residence

A combinação de remédios pode ser perigosa aos idosos

Com o avançar da idade é normal que a famosa caixinha de remédios também comece a aumentar. As dores tendem a surgir e também outras doenças, inclusive em alguns casos até a depressão. As idas aos médicos são mais frequentes e as prescrições de remédios também. Até aí tudo ok, o problema é que muitas combinações de remédios podem fazer mal ao cérebro das pessoas na terceira idade. Segundo um estudo publicado pela revista médica americana "Journal of the American Medical Association (JAMA) Internal Medicine" em 2004, 0,6% dos pacientes com mais de 65 anos recebiam prescrições de três ou mais medicamentos que afetam o sistema nervoso central, e que em 2013 esse número subiu para 1,4%. Se esta proporção for extrapolada para toda a população de idosos dos Estados Unidos, significaria 3,68 milhões de visitas médicas por ano nas quais foram prescritas três ou mais dessas drogas.

 

Os remédios que fizeram parte do estudo são uma combinação de opiáceos, antidepressivos, tranquilizantes e antipsicóticos, medicamentos usados para combater problemas cardíacos, depressão e alergias que podem aumentar o risco de morte e de deterioração de funções cerebrais entre idosos. Esta combinação, que age sobre o sistema nervoso central, é "preocupante" devido ao risco que implica para os idosos. Além das quedas e dos ferimentos que esta prática provoca, os autores mencionam também os riscos quando essas pessoas estão ao volante, as perdas de memória e outros problemas cognitivos.

 

O estudo não pode, no entanto, concluir que necessariamente os medicamentos causaram morte ou reduziram as funções cerebrais, apenas indica uma associação. De qualquer jeito é interessante ficar em alerta. O ideal é sempre ser acompanhado pelo mesmo médico e em caso de especialidades médicas diferentes avisar ao médico todos os medicamentos que toma e se eles podem ser ingeridos simultaneamente. E, claro, manter uma atividade física regular, cuidar da alimentação e da mente, e assim tentar evitar ou diminuir ao máximo o número de medicamentos consumidos.

 

 

 

 

 



Blog Residence

Buscar no Blog

Categorias

Receba dicas e informações em seu e-mail

Mandamos coisas bem legais para você, como: Tendências, pesquisas, cases, e muito mais...

Osteoporose

Durante o processo de envelhecimento os homens e mulheres são mais susceptíveis a osteoporose que progride sorrateiramente, de forma lenta e raramente apresenta sintomas que indiquem o desenvolvimento da doença. As fraturas costumam ser espontâneas, ou seja, não são relacionadas...

A Pele e a Idade

O processo de envelhecimento humano provoca um grande número de mudanças fisiológicas, e um dos órgãos que mais sofre com o avanço dos anos é a pele. Os principais problemas que podem atingir a pele na terceira idade incluem a queda na capacidade de formação de colágeno.

O Evelhecimento

O envelhecimento é o grande causador de inúmeros distúrbios que ocorrem no nosso corpo. As limitações aumentam e com ela, a dependência. Não há nada melhor no mundo do que ser independente. A independência vai sendo removida de nossas vidas com o passar do tempo.

Gerontologia

A gerontologia (ciência que estuda o processo de envelhecimento do homem) aborda áreas além das doenças relacionadas à idade e à sua prevenção, a fim de reconhecer que o envelhecimento bem sucedido exige a manutenção de uma função fisiológica e de uma aptidão física aprimorada.



Av. Álvaro Guimarães, 215 | Planalto | São Bernardo do Campo/SP | 09890-000 11 3428-9640 | 11 94029-3375 - 4341-8799

Copyright © 2011 Residence Care - São Bernardo do Campo SP.
Todos os direitos reservados.