10 dicas para ter bons hábitos alimentares na Terceira Idade :: Residence Care
 

Blog Residence

10 dicas para ter bons hábitos alimentares na Terceira Idade

Conforme envelhecemos, nosso corpo sofre mudanças que exigem uma reeducação alimentar. A Terceira Idade deve ter uma alimentação diferente das outras para ter uma vida mais saudável.

É extremamente importante a mudança na alimentação, já que nosso corpo sofre modificações conforme os anos passam. Por diversos fatores, nosso organismo fica mais sensível, o que resulta na exigência de alimentos que vão dar força para que tudo esteja sobre controle e saudável.
Em meio a isso, entra a importância de uma alimentação saudável constante. Isso mesmo, constante. Devemos criar hábitos alimentares saudáveis para obtermos o corpo com melhor desempenho para realizar atividades do dia a dia.

Leia também:

- Ter atitudes positivas pode proporcionar uma vida mais saudável
- A Geração Sênior está pronta para dançar

Criar e manter hábitos é muito difícil, já que você precisa desapegar-se dos antigos e prejudiciais, e partir para os novos, que vão dar bons resultados. A melhor forma de ter novos hábitos é através do planejamento. Você precisa criar uma forma de criar esses hábitos. Como, por exemplo, criar um calendário semanal de alimentos, com hora certa para se alimentar, o que comer, quando comer, o que evitar. Tudo vai partir do planejamento.
Pensando nisso, nós dos portal Geração Sênior trouxemos para você 10 dicas para ter bons hábitos alimentares, é uma forma que você pode seguir e começar a ajustar ao seu planejamento.

Vamos conhecer as dicas?


Dica 01: 
No MÍNIMO, faça três refeições (café da manhã, almoço e janta) e dois lanches saudáveis por dia. É preciso manter a ordem das refeições, sem pular alguma já programada. Também deve-se comer devagar, mastigando bem os alimentos, isso é fundamental para melhor aproveitar o alimento.


Dica 02: 
É importante ingerir seis porções do grupo dos cereais (arroz, milho, trigo, pães e massas), tubérculos como a batata e raízes de aipim. A preferência é por grãos integrais e alimentos que estejam na forma mais natural.


Dica 03: 
Coma no mínimo três porções de legumes e verduras como parte das refeições que você vai realizar no seu dia a dia. Inclua mais três porções de frutas nas sobremesas e lanches que vai realizar.


Dica 04:
 Proteínas brasileiras no prato todos os dias, se não todos, pelo menos cinco vezes na semana. Aquele feijãozinho com arroz sempre deve estar presente na nossa mesa.


Dica 05: 
Diariamente consuma três porções de leite e derivados, uma porção de carnes, aves, peixes ou ovos. De preferência, retire a gordura das carnes a pele das aves antes de preparar.


Dica 06:
 Dê limites para óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina, no máximo uma porção por dia.


Dica 07: 
Evite os viciantes refrigerantes e sucos industrializados, também bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas doces e demais guloseimas. Você pode até consumir, mas no máximo duas vezes por semana.


Dica 08: 
É difícil, sabemos, mas é preciso diminuir aquele sal na comida. Gosta de um tempero na comida? Então utilize temperos como cheiro-verde, alho, cebola e ervas frescas ou secas, também pode utilizar suco natural de frutas, como limão.


Dica 09: 
Como já havíamos falado aqui no portal, o consumo de água é muito importante para a hidratação do nosso corpo. Você deve beber no mínimo dois litros (seis a oito copos) de água por dia.


Dica 10: 
Uma dica do que não consumir, bebidas alcoólicas e cigarros. Substitua por pelo menos 30 minutos de caminhadas diariamente, isso vai fazer uma diferença muito grande a longo prazo no seu corpo.

10 dicas apresentadas, vamos planejar e criar hábitos saudáveis agora?
Desafiamos você a criar novos hábitos, voltar aqui e contar para nós a diferença que esses hábitos fizeram ou estão fazendo na sua vida.

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

 



Blog Residence

Buscar no Blog

Categorias

Receba dicas e informações em seu e-mail

Mandamos coisas bem legais para você, como: Tendências, pesquisas, cases, e muito mais...

Osteoporose

Durante o processo de envelhecimento os homens e mulheres são mais susceptíveis a osteoporose que progride sorrateiramente, de forma lenta e raramente apresenta sintomas que indiquem o desenvolvimento da doença. As fraturas costumam ser espontâneas, ou seja, não são relacionadas...

A Pele e a Idade

O processo de envelhecimento humano provoca um grande número de mudanças fisiológicas, e um dos órgãos que mais sofre com o avanço dos anos é a pele. Os principais problemas que podem atingir a pele na terceira idade incluem a queda na capacidade de formação de colágeno.

O Evelhecimento

O envelhecimento é o grande causador de inúmeros distúrbios que ocorrem no nosso corpo. As limitações aumentam e com ela, a dependência. Não há nada melhor no mundo do que ser independente. A independência vai sendo removida de nossas vidas com o passar do tempo.

Gerontologia

A gerontologia (ciência que estuda o processo de envelhecimento do homem) aborda áreas além das doenças relacionadas à idade e à sua prevenção, a fim de reconhecer que o envelhecimento bem sucedido exige a manutenção de uma função fisiológica e de uma aptidão física aprimorada.



Av. Álvaro Guimarães, 215 | Planalto | São Bernardo do Campo/SP | 09890-000 11 3428-9640 | 11 94029-3375 - 4341-8799

Copyright © 2011 Residence Care - São Bernardo do Campo SP.
Todos os direitos reservados.